sábado, outubro 13, 2012

QUESTÕES DE VOCABULÁRIO



Foi simplesmente patético ouvir o 1º ministro vociferar, irritadíssimo, por causa dos adjectivos usados pelo deputado do PCP, Jerónimo de Sousa, no Parlamento.

Passos Coelho não gostou que lhe dissessem que as medidas que o seu governo foi anunciando, configuram na realidade um roubo aos portugueses.

Não sei como quer classificar Passos Coelho o cortes dos subsídios de férias e de Natal, que são inalienáveis por lei, ou então que nome dar a quem corta no subsídio de desemprego, doença e até de funeral.

No café aqui da esquina o nome mais simpático que se ouve é o de gatunos, que aliás tem sido gritado nas ruas, sempre que se verifica uma manifestação. Toda a gente que conheço acha que está a ser roubada por um governo que prometeu não aumentar impostos, e o 1º ministro é classificado, com alguma bondade, de mentiroso.

Será que a utilização destes adjectivos é que é reprovável, ou será que condenável é a acção deste governo?




4 comentários:

elvira carvalho disse...

Se ele acha que não é gatuno então é burro, ou analfabeto. De outro modo sabia o significado da palavra.
Um abraço e bom fim de semana

Metalurgia das letras disse...

Vai ver ele é "cleptomaníaco" e precisa fazer uma terapia no campo comportamental também. Não deixem ele sozinho, senão?!...

zeparafuso disse...

Poderá não ser roubar, no entendimento dele, poderá ser chular!
Abraço.

maceta disse...

O roedor até sabe que lhe chamam gatuno quando mostra as orelhas em público...

cumpts