terça-feira, outubro 16, 2012

HÁ MARGEM DE MANOBRA



A frase de Vítor Gaspar, “este é um Orçamento sem margem de manobra” é mais uma variante da inevitabilidade que é completamente inaceitável.

O ministro das Finanças que não se compromete com resultados nem com metas referentes ao fim da austeridade, justificando-o com as incertezas, apenas tem uma certeza, que é a de ser detentor da verdade, ainda que seja o responsável pelo falhanço de todas as metas estabelecidas com o Orçamento de Estado de 2012, da sua responsabilidade.

Aduziu também Vítor Gaspar à possibilidade de Portugal perder toda a credibilidade recuperada, quando o governo e o próprio ministro perderam toda e qualquer credibilidade perante os portugueses, que estão fartos de apertar o cinto sem nenhum resultado palpável.

Os portugueses têm margem de manobra, senhor ministro, e essa margem inclui a hipótese de correr com este governo, que não cumpre a sua palavra nem mostra respeito pelos cidadãos a quem devia servir. 
 ««« - »»»

             Humor com Margem de manobra
 

2 comentários:

elvira carvalho disse...

E só é ministro para agradecer o investimento que o País fez com a sua educação. Fogo. Até ficamos com medo de exigir que o Governo invista na educação. Já imaginou o futuro cheio de Gasparzinhos?
Um abraço

Anónimo disse...

Eu quero ser indemnizado pelo dinheiro com que contribui involuntariamente para formar uma besta destas.
Lol

AnarKa