terça-feira, setembro 04, 2012

SACUDIR CULPAS



O falhanço do programa de ajustamento seguido em Portugal é colossal e a dívida do país não decresceu, mesmo com todos os sacrifícios exigidos a quem trabalha e aos reformados. O desemprego, esse disparou devendo atingir até ao final do ano a fasquia dos 17%.

Os bons resultados a que se referia Passos Coelho, ainda recentemente, são afinal uma mão cheia de nada e outra completamente vazia. Dizer que os sacrifícios valeram a pena é gozar com a cara dos portugueses.

O que é curioso é que nem o governo nem a troika querem assumir as culpas do desastre que resultou do memorando de entendimento. Governo e troika portam-se como virgens inocentes recusando responsabilidades.

Que raio de gente é esta que mesmo depois de borrar a escrita teima em não limpar o traseiro?


««« - »»»
Humor e Culpa
««« - »»»
Foto de Férias
By Palaciano

2 comentários:

C Valente disse...

e a culpa é do povo.
Cambada de incompetentes,
a culpa é sempre dos outros, pratica
do governo e da troika
Saudações amigas

Anónimo disse...

Pouco me interessa se os culpados são os troikentos ou se são os carneiros que mandam cá e ainda pioram as coisas, o que eu sei é que estamos na merda, e a culpa não pode morrer solteira.
Lol

AnarKa