quinta-feira, agosto 23, 2012

ONDE PÁRA A POLÍCIA?


Não falo da comédia cinematográfica, mas sim da realidade nacional onde os burlões andam por aí impunes e ainda recebem medalhas de organismos públicos.

O caso de Carlos Quaresma e da Fundação AGAPE, parece ser um caso exemplar da ineficácia da nossa polícia e da nossa Justiça.

Vale a pena recordar que vivemos num país que tem serviços secretos, mais do que um, polícias de investigação e criminais, mas acaba por se descobrir que existe um caso de burla que dura há anos, porque uma televisão resolveu investigar.

O que dizer disto?


2 comentários:

Metalurgia das letras disse...

Não sei por ai, mas por cá a polícia só defende patrimônios. E o povo pá!

C Valente disse...

Num país podre,os comparsas encontram-se e entendem-se, pois claro
Saudações amigas