segunda-feira, agosto 13, 2012

ESPIÕES E FOTOCÓPIAS


Parece que há documentos referentes à compra dos submarinos que não aparecem no Ministério da Defesa, o que no mínimo é estranho. Sabe-se que estes brinquedos custaram uma verdadeira pipa de dinheiro e que o negócio de compra atravessou mais do que um executivo, e pouco mais.

As tão faladas contrapartidas vieram a revelar-se um grande fiasco, e no meio disto tudo não há responsáveis por nada, mas a factura fica para nós, isso é certinho.

Uma das minhas maiores admirações prende-se com as fotocópias (milhares delas segundo a imprensa) que Paulo Portas mandou tirar quando saiu do Ministério da Defesa, de que ninguém agora fala, mas onde podem estar cópias dos tais documentos que podiam deitar alguma luz a todo este negócio, algo confuso.

Será que afinal temos por aí espiões que fazem escutas e podem fazer desaparecer documentos da Defesa, como sugere a Zita Seabra, sempre existem? Não sendo da  defunta RDA, de onde são afinal?

««« - »»»
Espionagem Submarina 
*

4 comentários:

Metalurgia das letras disse...

Há de se contratar o agente “007” ou o agente “86” para uma contra-espionagem submarina. Mas neste caso especifico sugiro a contratação da “Pantera cor-de-rosa”.

Daniel Santos disse...

O ministro da defesa diz que está tudo lá, não sabe o quê, mas está tudo lá-

São disse...

Não teria exposto o que penso de outro modo, pois já falei nas fotocópias em ouros blogues que focaram o afundamento dos documentos


E ninguém é responsável?????

Noite serena desejo

Anónimo disse...

Os documentos em falta foram fotocopiados pelo Paulo Portas? Ele fotocopiou tudo e mais alguma coisa.
Bjos da Sílvia