quarta-feira, abril 11, 2012

A ESCALADA DOS ASSALTOS

Portugal vive tempos difíceis resultantes de duas décadas de má governação, facto nunca admitido pelos actuais e antigos governantes que preferem atirar as culpas para os outros e para o povo, dizendo sem vergonha nenhuma que os portugueses viveram acima das suas possibilidades.

O resultado dos problemas económicos foi o pedido de ajuda internacional e o acordo com a troika, o que resultou num programa de austeridade que empobreceu a grande maioria dos portugueses.

Com muita gente na miséria ou perto dela, os assaltos aumentaram, apesar das estatísticas habituais que pretendem demonstrar o contrário daquilo que é evidente.

Mas a escalada dos assaltos existe também por parte do governo, que desde que tomou posse não deixou passar uma só semana sem anunciar uma medida gravosa para os bolsos dos portugueses, ou contra os seus direitos laborais e sociais.

Não é mais suportável este assalto constante e a instabilidade causada pelas contínuas medidas tomadas pelo governo. Os portugueses já não sabem com o que é que podem contar, nem têm certezas nenhumas quanto ao presente nem quanto ao seu futuro. É impossível projectar o futuro com esta falta de estabilidade, onde está sempre tudo em causa, desde o emprego, ao salário, aos impostos, ás reformas e à protecção social.

Este governo fomenta a instabilidade social e emocional dos portugueses merece ser contestado e destituído pois há muito que perdeu a legitimidade decorrente das eleições.

««« - »»»
Humor - Subida aos Céus

««« - »»»
Foto - Ar Feroz

5 comentários:

Anónimo disse...

O assalto continuado destes bandidos de beira de estrada há-de acordar as ovelhas que ainda por aí pastam. A fotografia é apropriada para o texto.
Bjos da Sílvia

São disse...

O assalto vulgar ainda se compreende, embora me pareça que tenhamos que lhe pôr mão.

O assalto do Governo aos mesmos de sempre...pois esse é mais criminoso ainda e continua impune, como sempre

Bom dia

Anónimo disse...

Rosamarela está perplexa com a carneirice de uns e o desplante de outros.

Metalurgia das letras disse...

Por cá as leis estão a privilegiar bandidos e políticos. No mais somos assaltados e temos que provar que de facto nossos objetos nos pertenciam. Uma vez recuperados pela polícia nunca mais são devolvidos. E a "onda" agora são os arrastões em casas simples no Rio de Janeiro...

maceta disse...

mas, estes são mesmo descarados...
cumpts