terça-feira, novembro 29, 2011

PECADO DA SOBERBA

Sempre ouvi dizer que “quem tudo quer, tudo perde” mas parece que os senhores que apoiam este governo desconhecem o ditado, ou desconhecem o funcionamento da economia.

Já decidiram o corte dos subsídios de féria e de Natal dos funcionários públicos e dos pensionistas em 2012 e 2013, mas nunca se preocuparam muito com o que vão perder no que respeita a IRS, como se isso não fosse importante. Só o era, na sua óptica relativamente ao sector privado, disseram.

Agora mexeram no IVA, e fizeram disparates que nem um analfabeto faria. A água engarrafada paga o mesmo imposto que o vinho, e a restauração passa para os 23% de IVA.

Ninguém nos veio dizer qual o impacto destas medidas, ao nível das receitas cobradas e do desemprego que vão gerar, porque nem eles sabem em que é que se meteram.

Aumentam os horários de trabalho do sector privado em meia hora, diminuem o número de feriados e cortam nas férias e no pagamento do trabalho extraordinário, sem se perguntarem pelo impacto. Quantos postos de trabalho se vão perder?

Estas medidas, entre outras, vão ter efeitos negativos no emprego e na economia, mas temos um governo que teima em castigar os cidadãos, sem ter qualquer previsão fundada da bondade e da utilidade das mesmas.

Será que alguém se convence que quanto mais pobres formos melhor ficará o país?



3 comentários:

Cristina Torrão disse...

"nem eles sabem em que é que se meteram" - é mesmo isso!

Excelentes cartoons!

Anónimo disse...

Se o pessoal não se cuidar até as calças nos levam...
Lol

AnarKa

Anónimo disse...

Uns inúteis e mal preparados para a vida que têm o poder nas mãos. Isto só pode dar em asneira!
Bjos da Sílvia