quinta-feira, outubro 27, 2011

RAZÕES DA INDIGNAÇÃO

Nos últimos meses têm surgido diversos movimentos cívicos, em diferentes países, sem conotações políticas ou partidárias, que têm denunciado as crescentes injustiças e a má distribuição da riqueza dos países.

Este fenómeno surge porque os povos cada vez acreditam menos nas classes políticas instituídas, que já demonstraram a sua incapacidade para resolver as crescentes assimetrias sociais.

Conhecemos todos a animosidade de alguns comentadores políticos contra estes movimentos cívicos, dizendo que não apresentam propostas para alterar o status quo. Sabemos bem a que grupos estão ligados estes comentadores, e sabemos que não são isentos por razões óbvias.

Uma notícia a que eles não podem, nem querem aludir, é a do estudo elaborado por um gabinete do Congresso americano, que diz preto no branco que os mais ricos, nos EUA, quase triplicaram os rendimentos entre 1979 e 2007 (os tais 1%), cerca de 60por cento da população viu os seus rendimentos crescerem 40%, enquanto 20 por cento só viram os seus rendimentos aumentar 18% neste período.

Lá como cá, a distribuição da riqueza é cada vez mais desigual, o que demonstra que o modelo económico é injusto e que os políticos não cumprem o seu dever que é o de assegurar a justa redistribuição da riqueza.

««« - »»»
Foto Abelhuda


««« - »»»
Humor - Economia Europeia

6 comentários:

São disse...

O capitalismo está na agonia, pelo menos no actual modelo. Bem podem esbracejar os comentadores e quem lhes paga...

Um abraço

O Puma disse...

Resistir sim

mas com objectivos organizados

Anónimo disse...

As razões são muitas para a indignação e para o protesto.
Bjos da Sílvia

maceta disse...

Os tais comentadores, alguns até são economistas de "grande calibre" espalham-se ao comprido; e, pior, misturam-se com os próprios políticos. Enjoam...

cptos

Graça Pereira disse...

Os que enchem os bolsos...riem-se de todos os nós, os capachos de sempre, essa é que é essa!
Abraço
Graça

BlueShell disse...

È um fenómeno que está a espalhar-se por todo o lado...por causa da imensa dsigualdade social...
Temo...pelo futuro.

Bj