sábado, outubro 15, 2011

NÃO TÊM DESCULPA

Ao ler num título da imprensa que Passos Coelho acha que não tem que pedir desculpas aos portugueses, confesso que me apeteceu dizer um grande palavrão.

Os políticos têm a tendência de se julgarem acima das leis que vigoram para os cidadãos comuns, e vão construindo defesas legais que os tornam em inimputáveis, e a única vulnerabilidade a que estão sujeitos tem sido o voto.

Com a aproximação do Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, que é já no próximo dia 17, importa questionar os senhores governantes, actuais e os anteriores, sobre a sua responsabilidade na actual situação de Portugal, onde o risco de pobreza é cada vez mais elevado. Será que nenhum se acha responsável pela situação?

Para que conste, aqui ficam uns excertos do relatório “The World We Want”, que bem podia servir de alerta a uma classe política que não se mostra à altura das suas responsabilidades:

“O espaço democrático está a ser restringido com a entrada em vigor de leis que progressivamente ameaçam os direitos civis e políticos”, mas “as insurreições democráticas em todo o mundo estão a abrir caminho para a autodeterminação dos povos”, para além do facto de que “as pessoas estão fartas da pobreza e de alimentar ditadores”. Estas frases aplicam-se não só aos países do norte de África, como alguns pensam, mas também se aplicam ao mundo ocidental onde as sociedades se começam a rebelar contra a asfixia causada pelo capitalismo selvagem e insaciável que conduz cada vez mais gente à pobreza e à miséria.

««« - »»»
Foto - Branca


««« - »»»
Humor e Inevitabilidade

4 comentários:

São disse...

Nós estamos caminhando para a primeira guerra verdadeiramente mu dial, porque haverá uma revolta glogalizada face aos desmandos e prepotências destas criaturas!

Um bom fim de semana.

zeparafuso disse...

A abstenção tem razão...mas não governa! É pena não se levar em conta o que querem dizer os que não votam.
Abraço.
Bfs

BlueShell disse...

Tens plena razão. E ocmo dia a São estamos a caminho de uma guerra verdadeiramente mundial...
Hoje ao dar uma volta pelos jornais online...(confesso) fiquei apavorada com as muitas notícias dos muitos "indignados" que se manifestam...desde Lisboa até Itália e por aí fora. Se lhes juntarmos os distúrbios em Inglaterra...há uns meses... e se este movimento alastrar, pode ser tomar conta de muitos e de muito território. Oa governantes fazem e desfazem, dizem e desdizem, dão maus exemplos..."encobrem-se uns aos outros...e o povo está FARTO!

Olha...um bom domingo, sim....eu vou meditar!!
BShell

elvira carvalho disse...

Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão. A recessão de 29 deu origem à Segunda Guerra mundial. E esta?
Um abraço e bom Domingo