quinta-feira, outubro 13, 2011

A IRRESPONSABILIDADE

As situações mais ou menos caricatas com que somos brindados sempre que há uma mudança de governo, já deviam ter tido consequências, mas parece que os nossos políticos preferem que as coisas se mantenham assim, não vão ser eles os primeiros a sofrer a merecida punição.

O caso do aeroporto de Beja é simplesmente escandaloso, porque não existe nenhuma relação entre o enormes custos e a sua utilização, o que demonstra que não houve nenhum estudo realista e responsável antes do início da obra.

Nas estradas temos o caso das Scut com parcerias ruinosas para o Estado, e sem alternativas para os contribuintes que as vão pagar por duas vias, pelos impostos e por cada utilização, o que não era o propósito inicial.

Na Cultura temos, por exemplo a Fundação Berardo, cuja colecção está aberta ao público com entradas gratuitas todos os dias, e que entre 2007 e 2009 recebeu 27 milhões, enquanto os museus, palácios e monumentos administrados pelo próprio Estado, com entradas pagas, estavam na penúria e sem a conservação necessária.

Os responsáveis por situações destas andam por aí, alguns na política activa, outros estão em funções públicas, no Estado ou em empresas públicas, e outros em empresas com as quais interagiram enquanto governantes. Todos sem nunca serem chamados à justiça por má gestão dos dinheiros públicos e sem a admoestação política que mereciam.

««« - »»»
Foto Rosada


««« - »»»
Humor à Pinóquio

4 comentários:

Pata Negra disse...

"Todos sem nunca serem chamados à justiça" - mas nós somos! chamados a justiça ultra-troicana dos ultra-liberais passos&companhia.

Um abraço responsável

Angela Benevides Guedes disse...

É amigo estamos entregues a nós próprios e concordo com Pata Negra -
"Todos sem nunca serem chamados à justiça"
Um grande.
Até...

menvp disse...

Votar em políticos não é passar um 'cheque em branco'!!!
O Presidente da República pode vetar uma lei... sem querer derrubar o governo!!!
Os contribuintes devem poder vetar uma despesa com a qual não concordam... sem querer derrubar o governo!!!

Democracia verdadeira, já!

Leia-se: DIREITO AO VETO de quem paga (vulgo contribuinte):
- blog fim-da-cidadania-infantil.
{um ex: a nacionalização do negócio 'madoffiano' BPN nunca se realizaria: seria vetada pelo contribuinte!}

São disse...

Mas mesmo quando se efectuam estudos servem para alguma coisa, porventura???

Fique bem