terça-feira, outubro 11, 2011

ENGANARAM-NOS

Tenho discordado de algumas das opiniões conhecidas, nos últimos tempos, por António Barreto, mas acabei de ler uma opinião sua com a qual concordo inteiramente.

Segundo o sociólogo, ter-se-á escondido informação e mesmo enganado a opinião pública no passado recente, dizendo-se que o país tinha uma situação financeira confortável, que permitia até pensar-se em grandes projectos, e repentinamente somos confrontados com uma possível bancarrota.

António Barreto admite que existam algumas causas externas que tenham de algum modo precipitado as coisas, mas como eu, acha que isso não justifica uma situação desta gravidade, que aliás não afecta outros países do mesmo espaço, pelo menos com tanta gravidade.

Os adjectivos utilizados por António Barreto para caracterizar os nossos responsáveis ficam-se por irresponsáveis, imprevidentes e complacentes, mas eu acrescentaria pelo menos mais alguns, como mentirosos e negligentes.

Concluo dizendo que algo vai mesmo muito mal quando alguns políticos são contra a ideia de escrutinar a sério as contas públicas, por razões de imagem externa, quando o permitem à troika que apenas está interessada em reaver o dinheiro emprestado. Quase que me apetece usar as palavras de um secretário de Estado deste governo, “não percebo o receio” da avaliação independente.

Notícia relacionada

««« - »»»
Foto Florida


««« - »»»
Humor e Artistas

4 comentários:

elvira carvalho disse...

Pois há muito que andam a enganar-nos. e
Não se lembra de um celebre discurso em que o primeiro ministro dizia que o País era o que estava em melhor situação na Zona euro, que já tinha deixado para trás a recessão e nem sei quantas patacoadas mais E duas semanas depois vem com um novo PEC dizendo que a situação mundial tinha mudado nas últimas duas semanas? Não era gozar com a nossa cara?
Um abraço

Anónimo disse...

Enganados, roubados e lixados com todas as letras!
Bjos da Sílvia

maceta disse...

os anteriores e estes confundem-se e confundem-nos...que ninguem pense que a massa destes é exemplar.

cpmts

zeparafuso disse...

Estamos a habituar-nos a aceitar verdades e desculpar mentiras. Onde isto nos leva? Tenho receio do retrocesso...ao País dos brandos costumes.
Cumprs