quarta-feira, outubro 19, 2011

CAMINHOS INVERSOS

É demasiado frequente falar-se deste mundo globalizado para se justificar os problemas que nos atingem, mas poucas vezes nos detemos a analisar as diferenças e até mesmo os contrastes, que nos deviam fazer meditar.

Um dos títulos que fixei nos últimos dias, era referente à China, e dizia textualmente, “o caminho é longo até os chineses conseguirem um salário decente”. Constatava uma organização não governamental que as condições laborais na China ainda são más, mas que coisas começam a mudar, mas muito devagar.

Por cá as coisas não são similares, sabemos bem, mas para sermos sinceros teríamos que reconhecer que a frase podia ser colocada ao contrário para ter-mos um retrato muito real. Vejamos então, “o caminho é curto até os portugueses conseguirem um salário indecente”.

Isto das disparidades por vezes pode parecer simplista, mas aproxima-se demasiado da realidade, convenhamos!


««« - »»»
Humor Negro
Redistribuição

Escravatura

3 comentários:

São disse...

Escravatura,sim, ainda para mais legalizada.

Quanto à inversão de frase estamos de acordo, claro.

Saudações

Anónimo disse...

Acabei de ouvir um fdp do CDS, na AR, a dizer que era necessário que mobilizassem os trabalhadores para trabalhar. Ninguém o mandou à bm, mas é o que merecia esse calaceiro que de trabalho sabe ZERO!
Lol

AnarKa

C Valente disse...

Os portugueses livres não são escravos dos governantes . Tristeza
Saudações amigas