sábado, setembro 17, 2011

O JARDIM DA MADEIRA

Parece que não temos apenas a frase “a Madeira é um jardim”, porque agora ficámos a ter também “o jardim não é a Madeira”.

Uma terra bonita como aquela não merecia andar nas bocas do povo e nas páginas dos jornais por episódios mal explicados que envolvem muitos, mas mesmo muitos, milhões de euros que andavam mais ou menos escondidos das estatísticas.

Estes episódios lamentáveis, de défices que não se conheciam, mas que segundo AJJ eram conhecidos, não sabemos bem por quem, nem interessa, dão uma ideia de absoluto relaxe das contas públicas e, mais importante ainda, são para nós as pagarmos.

Os esquemas utilizados até são imaginativos, mas admira-me muito que não tenham sido descobertos antes, e admira-me mais ainda que só conheçam a luz do dia quando há estrangeiros a auditar as contas públicas. Apetece perguntar onde é que estavam os nossos governantes quando a coisa começou?

Todas estas revelações a juntar aos dinheiros que deviam ser para ajudar as populações depois das cheias, que pelos vistos também foram para outras coisas, deixam-me ainda mais revoltado com aquela figura que tem estado desde há décadas na cadeira do poder na Madeira.

Ler também ISTO
««« - »»»
Foto - Jardim Verdadeiro

««« - »»»
A Caricatura

6 comentários:

elvira carvalho disse...

A Madeira deixou de ser um jardim para ser o reino do Jardim, onde ele faz e desfaz o que lhe apetece, e onde ninguém se atreve a pôr cobro aos seus desmandos.
Um abraço e bom fim de semana

São disse...

A culpa maior nem é dele! É de quem vota nele e de quem no Continente nunca lhe pôs freio!

Saudações

Anónimo disse...

Parece que a impunidade dos (maus) políticos se vai demonstrar mais uma vez.
Bjos da Sílvia

Graça Pereira disse...

Tudo isto me irrita...tudo isto é triste...tudo isto é o nosso fado!!!!
Falavam tanto do Salazar ...que se agarrou à cadeira...e este? às flores? Está no poleiro quase há tanto tempo como Kadafhi... Ele é o "dono" da Madeira! Ameaçou muitas vezes o Governo com a independência da Ilha! Está na altura de lha darem... Será que dos Açores tb vem outro enredo semelhante???
Abraço e bom fds!
Graça

Isamar disse...

E será que vai continuar? Não terá o Presidente da República poderes para demitir esta figura que , há trinta anos, é o "Senhor" da Madeira? Não entendo, mas gostava de entender, como podem acontecer estas coisas.
E cá vamos estando nós para tapar estes buracões com os impostos provenientes do nosso humilde e sério trabalho.
Que vergonha, que revolta!

Bem-hajas!

Abraço fraterno

Kruzes Kanhoto disse...

Mesmo reprovando em toda a linha a actuação do AJJ não concordo com as criticas que lhe estão a ser feitas. Todos escondem qualquer coisa (vidé Instituto do Desporto, ou lá o que foi..) e todos esbanjam o nosso dinheiro sem controlo. E nós, quase sempre e quase todos, aplaudimos.