quarta-feira, junho 22, 2011

CURTINHAS

Património – É muito interessante constatar que seja o presidente do Tribunal de Contas a salientar a importância do Património e da nossa história de muitos séculos. Disse ontem Guilherme d’Oliveira Martins que o Património é do melhor que temos para oferecer, e que não se pode ignorar que há números que o dizem claramente. Espero que Passos Coelho, sob cuja tutela fica o Património o tenha em devida conta neste seu consulado.

Reviravolta – Depois do infeliz episódio da votação de Fernando Nobre, eis que apareceu uma nova candidatura que venceu e convenceu à primeira. Assunção Esteves foi eleita e suscitou elogios de todas as bancadas, o que é de realçar, como também é de realçar o seu discurso de posse, bastante denso e contrastante, relativamente aos discursos de circunstância do 1º ministro e do presidente da República.

2 comentários:

Pata Negra disse...

Também concordo que a senhora, á primeira vista, se nos oferece como um bom património, merecedora de matrimónio!

Um abraço patrimonial

Anónimo disse...

Passos Coelho está noutra(de património) como bem se percebeu pelo discurso, muito mais oco que o da senhora.
Lol

AnarKa