terça-feira, maio 10, 2011

BARRACADA

Depois da muita tinta que correu durante as “negociações” tidas com a toika e dos compromissos assumidos pelo PS, PSD, e CDS, eis que vem o comissário europeu dos Assuntos Económicos esclarecer o detalhe mais importante da “ajuda” dada pela União Europeia que é a taxa de juros a cobrar pelo empréstimo dos dois terços dos 78 mil milhões de euros.

Olli Rehn revelou que o juro será acima de 5,5% e abaixo de 6%. Como se sabe, este juro pode ser mais baixo do que o que o mercado nos cobraria, mas é muitíssimo alto para quem tem que adoptar uma política recessiva e que não terá crescimento económico este ano nem no próximo, muito pelo contrário.

O facto mais aflitivo, porque nestas coisas nem tenho vontade de rir, é que não me parece que nenhum dos partidos que assinou o acordo com a troika, estava ao corrente do juro da “ajuda” europeia. Tanta conversa, tanto foguetório por parte desses partido e afinal aceitaram um empréstimo sem conhecerem o juro a pagar.  
««« - »»»
Foto - Palácio de Monserrate - Sintra
By Monserrate
««« - »»»
Humor - Remendo Económico

5 comentários:

Pata Negra disse...

Por consequência, um juro muito próximo dos 7%, o valor acima do qual o Teixeira pediria ajuda. Isto é, com um juro próximo dos 6%, não seria melhor pedirmos ajuda interna, sei lá, à Galp; à Sonae, à Mota-Engil, ao Amorim, à Igreja, sei lá... aos filhos da puta que estão cheios de dinheiro com a crise dos pobres?
Não, estes prestamistas não estão a fazer conta de vir cá passar férias porque só nos resta raptar as suas finas famílias, eles querem um país miserável onde seja fácil arranjar mão-de-obra escrava!
Independência Já!
Um abraço e troika o passos.

Daniel Santos disse...

que rica ajudam que nos estão a dar.

Anónimo disse...

Nem o maior tanso pede um empréstimo e assina a papelada sem conhecer o juro e a prestação que terá de pagar.
Lol

AnarKa

Isamar disse...

A nossa situação económica é tão débil, tão humilhante, tão vexatória que os juros parecem, assim sendo, de somenos importância.Lamentável!

Bem-hajas!

Abraço fraterno

opolidor disse...

chegar a um banco qualquer e conseguir um empréstimo sem pedir o valor dos juros é mesmo de burro...