quarta-feira, abril 20, 2011

RESPONSABILIDADES

Os portugueses sabem bem quem teve culpas no estado a que o país chegou e dizem-no claramente ao acusarem o primeiro-ministro e o Presidente da República, como se soube por um estudo da Marktest agora revelado.

Sabemos todos que não basta identificar os culpados, porque o que agora importa verdadeiramente é punir os responsáveis e encontrar alternativas para se encontrar um rumo para o país. É nestes pontos que o estudo parte de premissas que eu acho serem erradas e passíveis de conduzir a resultados enganadores.

Identificados os culpados seria de esperar que as alternativas fossem encontradas noutros campos políticos e não entre os mesmos que nos conduziram ao buraco, e como não há nada de novo a nível partidário a escolha restringe-se aos mesmos do costume.

Com os problemas de ordem económica e social que uma boa parte da população vai sentir nos próximos tempos, não creio que os anos que aí vêm sejam pacíficos, atendendo a que com os mesmos partidos e com as mesmas ideias não se vão esbater as desigualdades sociais e má distribuição da riqueza, muito pelo contrário.

««« - »»»
Humor Suicidário

««« - »»»
Foto - Rino em Sintra
By Palaciano

3 comentários:

opolidor disse...

o berbicacho é esse, os mesmos da receita...

Anónimo disse...

Há alternativas, basta não votar nos que já demonstraram ser incompetentes.
Bjos da Sílvia

Isamar disse...

É voltar o disco e tocar a mesma música. Alternativas há mas parece que há quem eira que os mesmos continuem em cena.Não posso compreender, não posso crer que não sejam responsabilizados aqueles que nos conduziram a esta situação de pobreza, de dependência humilhante, frustrante...

Bem-hajas!

Beijinhos