quarta-feira, março 16, 2011

CURTINHAS

A opção nuclear – Em Portugal tem sido recorrente aparecer uns quantos senhores a tecerem elogios à energia nuclear, argumentando sempre que ela é limpa, barata e segura. Pois bem, sabia-se que ela não era limpa porque gerava lixo altamente perigoso para o qual não temos ainda solução absolutamente definitiva. Barata, talvez fosse o argumento mais forte, mas tendo em conta o investimento inicial e a possibilidade de problemas, não sei se o será. Por último o aspecto da segurança fica posto em causa com os desastres já conhecidos.

Negociações – É de registar o facto deste governo se ter sentado à mesa com as associações dos transportadores rodoviários de mercadorias enquanto havia uma greve do sector, ou o seu equivalente já que se trata de empresas, coisa que nunca aceitou fazer antes. Não sei se isto será um avanço ou se pelo contrário é uma cedência deste governo.

Critérios socialistas – Enquanto somos surpreendidos com a baixa do IVA aplicado ao golfe, somos também informados de que o subsídio de desemprego vai durar menos tempo e que as pensões vão baixar através de mecanismos manhosos, não acompanhando pelo menos a inflação. Penso que a palavra “socialismo” devia ser respeitada e que o PS devia mudar de nome em abono da língua portuguesa e da verdade.

««« - »»»
Humor Interrogativo

««« - »»»
Foto - Dentes
Anne Øverås
Marit Sporsheim

4 comentários:

Cata- Vento disse...

Sem mais palavras! Subscrevo.
Bem-hajas!

Abraço fraterno

Cristina Torrão disse...

Não querendo diminuir a importância das outras duas "curtinhas", parabéns pela respeitante à opção nuclear. Portugal, já por mais de uma vez, adoptou políticas e/ou práticas fora de tempo, depois de estas terem falhado no estrangeiro. Neste caso, devemos ser poupados a tal procedimento, só é pena ter de acontecer tamanha catástrofe para se chegar a essa conclusão.

Compadre Alentejano disse...

Nunca fui grande partidário das centrais nucleares. Com uma nas imediações,corremos sempre um sério risco de acidente.
Quanto ao Sócrates, há muito que meteu o socialismo na gaveta e entretem-se a fazer o jogo sujo da Direita...
Saudações
Compadre Alentejano

Anónimo disse...

Mesmo quem se julga muito poderoso, como a Alemanha, treme perante a catástrofe nuclear. Socialismo com Sócrates? Ele nem sabe o que isso é...
Bjos da Sílvia