sábado, janeiro 22, 2011

PESSOA

Sou um evadido.
Logo que nasci
Fecharam-me em mim,
Ah, mas eu fugi.


Se a gente se cansa
Do mesmo lugar,
Do mesmo ser
Por que não se cansar?


Minha alma procura-me
Mas eu ando a monte,
Oxalá que ela
Nunca me encontre.


Ser um é cadeia,
Ser eu é não ser.
Viverei fugindo
Mas vivo a valer.

««« - »»»
Fotografia -Tons de Vermelho

««« - »»»
Humor Malandrote
Bastão Frouxo
Upss...

2 comentários:

Cata- Vento disse...

E Pessoa não se conteve dentro de si porque era demasiado grande. Evadiu-se, viveu na errância mas deliciou-nos e assim continua a fazê-lo.

Bem-hajas!

Um abraço

opolidor disse...

alguns, hoje, tentam ser mais do que são realmente...

abraço