sexta-feira, novembro 26, 2010

MALANDRO

Como dois e dois são quatro
sei que a vida vale a pena
embora o pão seja caro
e a liberdade pequena


Ferreira Gullar

««« - »»»
Música Escolhida

««« - »»»
Humor e a Cidade
O Homem no seu Labirinto by Ares

4 comentários:

São disse...

Gostei da música e do cartoon, muito do poema,que desconhecia .

serena noite desejo.

Anónimo disse...

De onde vem este súbito gosto pela poesia, meu?
Lol

AnarKa

MARIA disse...

Maravilhosa lição : dificilmente se conseguiria dizer tanto em tão poucas palavras.

Um beijinho amigo

Maria

Pata Negra disse...

Onde se lê "pão" não deveria ler-se "arroz malandro"?
É o que o título sugere!...

Um abraço com pão