segunda-feira, novembro 01, 2010

A CAMPA DESTAS POLÍTICAS

Não vim aqui falar de cemitérios nem de pessoas mortas porque as pessoas e o local me merecem muito respeito, ao contrário do sujeito do meu texto.

Venho aqui recordar-vos que hoje entrou em vigor um diploma do Governo que fixa novas regras e novos montantes do abono de família e do abono pré-natal para as grávidas.

O executivo de José Sócrates vai ficar para sempre ligado aos maiores cortes das prestações sociais de que há memória neste pobre país. A crise não justifica todos os cortes, porque as maiores responsabilidades são dos governantes que nas últimas duas décadas tomaram as más decisões que nos conduziram a este beco sem saída.

As eleições antecipadas que terão lugar no próximo ano serão uma boa oportunidade para os portugueses castigarem exemplarmente os partidos que nos enganaram e desperdiçaram o dinheiro de todos nós. Acabemos com a impunidade e desfaçatez dessa gente.

««« - »»»
Foto Colorida


««« - »»»
Humor e Lavadura

4 comentários:

São disse...

E votamos em quem? De certeza que não no PSD, depois de Passos Coelho afirmar "os direitos adquiridos caem quando tiverem que cair, além de se mexer nos ordenados da função pública , terá que se mexer também nas reformas"!!

Única saída: Bloco de ESquerda!

Bom feriado.

ana p roque disse...

O Diploma do (des)Governo é o oposto do lema do Zé do Telhado,tiram aos pobres para dar aos Ricos.
É preciso não ter escrúpulos,tirar abonos de familia,abono pré-natal e pensões dos idosos e continuarem a viver na maior das mordomias,querem nos deixar como alimento lavadura,só pode!Isto está muito negro de colorido não tem nada.

Eleições,votar em quem?Nos 5 principais partidos nem pensar,talvez juntar alguns dos pequenos partidos que tenham algum sumo e criar um partido uma lufada de ar fresco neste pais e governar com competência do zero até o país sair das brumas em que se encontra.

cumps

Anónimo disse...

As preocupações sociais do Pinócrates são lágrimas de crocodilo.
Falsidade absoluta.
Bjos da Sílvia

opolidor disse...

a tal reforma da Seg. Social tão apregoada foi um dos maiores "gamanços" a muitos que tanto descontaram... sei do que falo não há perdão nem com molho de tomate...