quinta-feira, setembro 09, 2010

PELAS ESTRADAS

A caminho do meu retiro de férias tive que percorrer algumas estradas deste país, e devo dizer-vos que na zona centro verifiquei que há muitas estradas que estão em mau estado, bem como algumas pontes e até a sinalização fora das IC’s e IP’s.
É com muita apreensão que oiço o Presidente das Estradas de Portugal vir dizer que para resolver os problemas de tesouraria da empresa, necessita do dinheiro das portagens das SCUT. Creio que Almerindo Marques aceitou as funções que desempenha antes de se ter resolvido cobrar portagens.
Se o modelo das SCUT e das Estradas de Portugal, não me agrada, muito menos me agrada pagar altos impostos nos combustíveis e na compra da viatura para usufruir de más estradas sempre que o percurso não tem portagem.
Para citar apenas alguns pontos negros menciono o IC 3, que é uma estrada muito perigosa, sempre em obras e com um traçado impensável e com faixas de rodagem tão exíguas que em grande parte do seu traçado nem sequer se pode ultrapassar. Já agora também andei pelo IC 12 e o estado das faixas da direita é muito mau.
Deixei de parte as outras estradas e as pontes onde já não podem passar a maioria dos pesados, mas podem ter a certeza que naquela zona há muitas mais vias por onde os senhores ministros não passam e que são da responsabilidade das EP, onde o senhor Almerindo Marques está, ainda que sobre estas estradas nada diga.

««« - »»»
Fotografia - Igreja Sta Comba Dão

««« - »»»
Humor Nacional
By Henrique Monteiro

5 comentários:

Pata Negra disse...

O Almada dizia "os burgueses de Portugal são a minha vergonha". Em tempos em dizia "as retretes públicas do meu país são a minha vergonha". Agora digo: "a sinalização das estradas deste país é uma vergonha", desinteligente, excessiva ou ausente, pura poluição visual!
Um abraço da estrada

Anónimo disse...

Além das estradas também temos que pagar aos gestores que nada fazem, mas que têm poderes para garantir a si próprios futuros de luxo.
Lol

AnarKa

Kruzes Kanhoto disse...

Em matéria de estradas já estivemos pior mas, também é verdade, ainda temos uns caminhos bastante jeitosos...

Daniel Santos disse...

O Automóvel topo de gama com respectivo motorista do senhor Almerindo só anda em Autoestrada e não paga portagens.

Anónimo disse...

Para onde vai o dinheiro dos impostos sobre a gasosa, sobre o automóvel e de circulação? Gostava que alguém me dissesse a verdade.
Bjos da Sílvia