segunda-feira, maio 24, 2010

O MEDO DOS POLÍTICOS

Há quem procura explicações muito elaboradas para explicar os discursos contraditórios de José Sócrates, que um dia diz que a nossa economia está a ter melhor comportamento do que as restantes economias europeias, para logo no dia seguinte vir dizer que temos que pagar mais impostos para se salvar o euro. Estamos com problemas mas os dos outros são ainda maiores, mas os especuladores acham precisamente o contrário, como se vê.

Na oposição vemos Passos Coelho a criticar as políticas do governo, mas lá vai viabilizando essas mesmas políticas no Parlamento. Sócrates vive num país de fantasia, mas não é altura de derrubar o seu governo. Reza-se no PSD para que não haja uma greve geral.

Sócrates e Passos Coelho são muito iguais, como também iguais são PSD e PS. Ambos demonstram medo, muito medo. Sócrates sabe que se o seu executivo cair e for outro partido a formar governo, vai passar as passas do Algarve com a Justiça, porque muitas coisas ainda não ficaram claras nos diversos casos em que o seu nome esteve envolvido. Passos Coelho tem medo de ser obrigado a avançar agora, porque a situação não augura nada de bom para quem assuma a responsabilidade governativa nestas condições.

Medo! Mesmo muito medo!

««« - »»»
Fotos - Ar Intelectual
By multichanneler

By ToughMashinski

««« - »»»
Mamar com Humor


5 comentários:

Pata Negra disse...

Vão acabar por juntar os trapinhos para dividir os restos. A tragédia deste país e deste povo é não ver nada para além do PS/D.
Um abraço sem medo

Marreta disse...

Ou seja, estamos reféns do medo.

Saudações do Marreta.

Anónimo disse...

Os gajos têm medo mas enquanto não forem corridos vão-nos lixando.
Lol

AnarKa

elvira carvalho disse...

Medo? Medo temos nós do futuro que estes senhores nos teem andado a cozinhar.
Um abraço

São disse...

Eu acho que a classe política deveria ser toda remodelada..,e não só a portuguesa, francamente.

Boa noite.