quinta-feira, abril 29, 2010

ROBINS DOS BANCOS

Não costumo ter paciência para ouvir ou ler os “especialistas em economia”, e muito menos os comentadores dessa área cujas previsões e conselhos surgem sempre com atraso e ao sabor dos grandes interesses instalados.

Recebi por email um artigo de opinião de Nicolau Santos cujo título era “Cinco medidas imediatas para responder à crise”. Conheço bem a opinião do escriba, e o artigo confirmou a opinião (desfavorável) que tinha sobre ele.

As medidas imediatas que Nicolau Santos avança, são mais do mesmo. Cortes nas despesas do Estado, aumento do IVA e mais congelamentos para os funcionários públicos. Previsível e na linha do que os partidos do centrão vão adiantando.

Se bem me recordo não se prevê ir buscar dinheiro onde comprovadamente ele está, nem sequer penalizar quem durante estes anos todos delapidou o erário público, ou os verdadeiros responsáveis pela crise económica que até beneficiaram de ajudas com o nosso dinheiro.

As soluções destes senhores são há muito tempo as mesmas, e incidem sobre os rendimentos do trabalho, sobre as pensões para as quais descontámos durante muitas décadas, e até sobre os subsídios de desemprego que é um direito adquirido.

Votem nestes senhores, e depois venham queixar-se! Um dia a casa vem abaixo, e eu estou preparado para atirar uns quantos tijolos a estas cabecinhas pensantes.



««« - »»»
Fotos Variadas
Антонио

Солнца

««« - »»»
Humor Variado
Junião

Jalal Pirmarzabad

4 comentários:

Anónimo disse...

Aqui está mais um voluntário para malhar nessa corja bandalhos.
Lol

AnarKa

São disse...

Mas porque razão não encostam os funcionários públicos a uma parede e os fuzilam?!

Um bom fim de semana.

Luardemaio disse...

Adorei o post. Dei uma boa gargalhada e se precisar de ajuda com os tijolos... Bfsemana!

Meg disse...

Guardião,

Pelo sim, pelo não, vou guardar uns quantos tijolos para me juntar a ti, já que quando a casa cair, nem um tijolo se aproveita.
Mas acalma a São, que anda a pensar em praças de touros e coisas assim...

Bom fim de semana.

Um abraço