sexta-feira, junho 12, 2009

INFLAÇÃO E ESTATÍSTICAS

Acredito piamente no trabalho que se desenvolve no Instituto Nacional de Estatística, mas tenho grandes dúvidas no que toca à informação que nos chega, nomeadamente nos números referentes ao desemprego e à inflação. Cientificamente não tenho elementos que corroborem as minhas reservas, mas há coisas que estão muito claras para mim.

Quando leio que o Índice de preços de Consumo desce 1,2 por cento em Maio, relativamente ao mesmo mês doa ano anterior, fico mais do que desconfiado. É tudo uma questão de memória e do modo como se interpretam os valores que nos são fornecidos.

Como estamos a falar dos preços ao consumidor, não é curial que se apresente o preço do petróleo como a principal causa para a queda da inflação. Podíamos falar do preço dos combustíveis e aí eu estaria de acordo, mas a diferença de preços verificados em Maio de 2008 e Maio de 2009, nada têm a ver com o diferencial da matéria prima que se situou nos 124,68 dólares/barril em 2008 e os 58,59 dólares/barril em Maio deste ano, e estou a ser benevolente porque até nem entro em conta com a relação euro/dólar, que ainda esbatia mais o resultado.

Segundo o INE também os transportes, os produtos alimentares e as bebidas não alcoólicas contribuíram para a queda do índice. Não sei bem se estamos a falar de transporte públicos ou particulares, mas não consegui encontrar diminuições nos custos. Quanto aos produtos alimentares e às tais bebidas, gostava de saber qual o supermercado ou supermercados que basearam os dados do estudo, porque eu contabilizo no geral aumentos, onde o INE encontra reduções, e eu queria aproveitar a dica para também poupar uns euros.



««« - »»»
Rosa Branca


««« - »»»
Humor dos Desertos

Linus plágio by Scott Stantis

7 comentários:

A Casa da Buganvília disse...

Há coisas que cada vez estão menos claras para todos mas que o desemprego cresce em flecha ninguém duvida.

Beijinhos

Anónimo disse...

As contas fazem-se bem no supermercado e com os pagamentos das despesas da casa e do carro, mas meu caro o momento é de eleições e há que enfeitar as coisas, pintando-as bonitinhas e rosadas.
Lol

AnarKa

elvira carvalho disse...

Olhe se descobrir esses supermercados que baixaram os preços, por favor conte para nós, que também somos filhos de Deus.
Um abraço, bom Santo António, e bom fim de semana.

À margem: hoje na praça onde faço as minhas compras, estavam a vender sardinhas a 9 euros o kg. E quando eu achei o preço exagerado disseram-me que era por ser Santo António. Ora eu não vivo em Lisboa, nem estava a comprar sardinhas em nenhum arraial. Sardinhas a 1 euro cada na praça e crua, não é exagero?

Angela Guedes disse...

Oi Guardião!!!
“Agradeça todos os dias o que tem o que não possui e o que gostaria de conquistar...
Transforme cada momento de seu dia em reflexões positivas e agradeça cada dia de sua vida como um presente de Deus!
A partir dai tudo fluirá naturalmente, quem sabe ainda possa ser aquilo
O QUE SEMPRE DESEJOU...”
Um grande Abraço.
Ângela.

Pata Negra disse...

Como alguém dizia: a estatística é a fórmula científica da mentira. Eles tem os números nós temos a vida.
Um abraço 2+2=?

SILÊNCIO CULPADO disse...

Guardião

A análise estatistica pode ser trabalhada segundo as ópticas que interessam a quem interessam.
Todos sabemos que os números do desemprego são bem superiores aos dados oficiais porque há todo um conjunto de desempregados que não são considerados nessas estatísticas.
O índice dos preços ao consumidor também não selecciona todos os produtos básicos essenciais à maioria.
Enfim...


Abraço

Ponto e Vírgula disse...

As estatísticas continuam a baralhar muitos de nós.
Usando a fórmula,mentir parece ser cada vez mais fácil.
Beijinhos