quinta-feira, maio 07, 2009

A ORELHA DE VAN GOGH

Eu estava convencido, e creio que meio mundo também, que Van Gogh se auto mutilou, tendo cortado assim com uma navalha a própria orelha. A história é um pouco mais complicada, já que envolve uma prostituta de nome Raquel, a quem a orelha terá sido entregue pelo próprio Van Gogh, e o seu amigo Gauguin.

Pois parece que esta certeza pode vir a cair por terra, atendendo à tese que vai ser defendida por dois investigadores em Junho próximo, num congresso internacional a realizar-se em Basileia. Simplificando a questão, terá sido Gauguin, que era um bom espadachim e amigo de VanGogh, que no calor de uma discussão terá cortado a orelha do amigo, provavelmente por acidente.

Para já estes dois investigadores escreveram um livro onde desenvolvem esta tese, e que acabou de ser publicado na Alemanha, com o sugestivo título: «Van gogh’s Ear: Paul Gauguin and the Pact of Silence».

Leia mais AQUI



Auto-retrato com halo, 1889. De Paul Gauguin

Duas taitianas com flores de manga, 1899. De Paul Gauguin

Auto-Retrato, 1887 de Vincent van Gogh

««« - »»»
Plágio Capitalista

13 comentários:

Angela Ladeiro disse...

Pois eu que sabia da outra história...fiquei curiosa!!!

O Guardião disse...

Cara Angela
Pois é, em tempos já tinha surgido um rumor neste sentido, mas agora virou tese e pelos vistos com dados novos.
Cumps

MARIA disse...

Eu nunca acreditei que ele cortasse a sua própria orelha. É certo que os génios têm sempre um pouco de loucos, mas não seria para tanto...
Se calhar, também não foi o amigo.
Agora, já não tem orelha com ouvido para ouvir e nem boca para contar, por isso, ficaremos a cogitar...
Belas imagens de manga, sem nada escondido na dita ...
Beijinhos meu amigo com muita amizade e saudades das suas visitinhas ao meu cantinho.
(Eu sei, fui a primeira a não aparecer. Não podia. Mas nunca esqueço um amigo)
Obrigada pelo seu comentário.
Maria

Isamar disse...

Se esta tese se confirmar , o homem era menos louco do que nos fizeram crer.
Fico expectante.

Um abraço, Guardião

Bem-hajas!

Alexa disse...

Pronto lá se vai pelo ralo o acto de romantismo macabro de van gogh.
adoreias pinturas e o seu humor como sempre.

beijos

Paulo Vilmar disse...

Guardião!
Concordo plenamente com a Alexa, o comentário acima!
Abraços.

São disse...

O último cartoon está excelente...
Desconhecia essa teoria do corte da orelha.
saudações.

Anónimo disse...

Vai ver que o fulano tinha apenas um complexo por causa das orelhas, e vai daí...
Os ilusionistas da economia já devem estar a magicar os novos truques, porque o mercado assim o exige...
Lol

AnarKa

Pata Negra disse...

Eu preferiria fazer um estudo sobre a orelha de porco com coentros! Lembrei-me agora: não reparei se as taitianas tinham orelhas?!
Um abraço à volta de um pires de orelhas

Angela Guedes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angela Guedes disse...

Oi Guardião!!! O texto de Van Gogh e a orelha fizeram-me lembrar da minha infância, na minha cidade natal dois homens se agarram numa violenta briga, e um deles arrancou a orelha do adversário com uma mordida, para piorar a situação um cachorro pegou a orelha e comeu.
Horrível isto, não é?
Ângela

Papoila disse...

Querido Guardião:
Auto mutilar-se num dos locais mais dolorosos do corpo humano sempre me pareceu estranho... Muito interessante esta tese.
Gostei muito dos cartoons.
Beijos

LopesCa disse...

Esta nova teoria é muito mais gira :)