sábado, fevereiro 07, 2009

FOLHETIM FREEPORT

Freeport na mira das "secretas"

O Procurador-geral da República (PGR) revelou na última reunião do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) ter desafiado o secretário-geral dos Serviços de Informações da República Portuguesa (SIRP) a investigar as fugas de informação no processo Freeport.

A revelação caiu mal entre os conselheiros, que classificaram a situação como grave, mas Pinto Monteiro diz que se referiu ao tema de “forma irónica”.

In Correio da Manhã




««« - »»»
Fotos com Humor
VadimNesterov

Тримос

««« - »»»
Caricaturas de Políticos
Alinhar ao centroLenin by Alfredo Sabat

George Bush by Alfredo Sabat

9 comentários:

Anónimo disse...

SIScretos, um bom adjectivo, que nos sossega quanto ao apuramento da verdade (daquela que nos queiram fornecer).
Lol

AnarKa

Cata-Vento disse...

E não tarda muito que vivamos num completo Big Brother.

Excelentes cartoons!

Abraços

Papoila disse...

Excelente post, com um verdadeiramente irónico cartoon...
As caricaturas soberbas.
Beijos

Anónimo disse...

O alarme causado pelo caso Freeport não agradou ao governo, por isso não é de admirar!...
Bjos da Silvia

elvira carvalho disse...

Daqui a pouco estamos também com um chip, como os automóveis...
Um abraço e uma boa semana

Carlos Rebola disse...

Isso é hoje, porque amanhã alguém irá propor que o SIS seja investigado, sobre a sua actuação neste caso, quando a confusão for total o caso como sempre tem acontecido fica resolvido e esquecido. Não tarda andarão todos à procura da rolha, enquanto o Freeport azeda.
Tudo não passa, parece-me, da aplicação duma "velha" táctica militar que dá pelo nome de "manobra de diversão"... Com o acessório se desvia a atenção do principal objectivo.

Abraço

Pata Negra disse...

Um free abraço e siscreto!
Morreremos num país assim! Faltam muitos anos, da última vez foram 48! Não vou durar tanto! Talvez nunca seja preso mas vou acabar despedido!
Um abraço farto farto

Anónimo disse...

Esta porra de ironia em ironia vai ter um lindo fim!
Vai, vai ...

o escriba disse...

Agora o que está na moda é falar-se utilizando várias figuras de estilo! Ele são comparações, ele são metáforas, ele são ironias. Enfim, o lirismo tomou conta dos cérebros destes políticos mal amanhados.

Um abraço
Esperança