sábado, maio 10, 2008

PROBLEMAS NA JUSTIÇA

Já manifestei aqui a minha ignorância sobre os meandros do futebol, e também o meu alheamento em relação a esta modalidade desportiva profissional. Além de não ter qualquer preferência em relação a clubes, sempre achei que havia demasiado dinheiro envolvido neste verdadeiro fenómeno desportivo, pelo que a verdade desportiva está constantemente ameaçada pelos interesses que giram em volta deste negócio, porque também é uma das vertentes do futebol.

As condenações anunciadas, a nível desportivo e em primeira instância, são pesadas e atingem clubes, dirigentes e árbitros. Não sei se os recursos as vão confirmar, atenuar ou até anular, mas achei curioso que elas derivem de informações de um processo que corre nos tribunais portugueses, onde ainda não se chegou a conclusões.

Todos sabemos que os tribunais normais têm as suas normas e procedimentos, e que a justiça desportiva se rege por outras regras, mas não deixa de ser interessante que a disciplina desportiva tenha chegado a um veredicto, que pode ou não vir a ser idêntico ao da justiça dos tribunais.

Pergunto-me se os tribunais vão sentir-se pressionados pela justiça desportiva, ou se pelo contrário a vão contrariar, transformando esta decisão agora conhecida num acto difícil de ser compreendido pelo cidadão normal?

««« - »»»
Fotos - As Flores
Юлия Графова

Юлия Графова

««« - »»»

Humor Diverso

Revilo

Christo Komarnitski

bleibel

10 comentários:

Ludo Rex disse...

Veremos... O problema é que a Justiça já foi bem mais independente do que é hoje... Mas acreditemos que desta vez actua...
Bom Fim de Semana

Anónimo disse...

As entradas foram de leão, vamos ver se a saída não será de sendeiro.
Lol

AnarKa

Tiago R Cardoso disse...

No mínimo vai dar uma enorme confusão, entre recursos e decisões, vai ser lindo, vai...

elvira carvalho disse...

Os meandros de futebol, não é para perceber, é para nos dar trabalho a tentar perceber...
As flores são tão lindas que estava tentada a roubar-lhe uma.
Bons cartoons.
Bom fim de semana.
Um abraço

Marreta disse...

Já é um princípio. O fundamental, no meio de todo este caos de ilegalidade em que vive o nosso futebol, é começar por algum lado.
Mas, sinceramente, até eu fiquei surpreso com o veredicto. Afinal parece que ainda resta uma réstia de justiça...
Como diz, veremos o que sairá dos recursos.
Saudações do Marreta.

meg disse...

Caro amigo,
Também estou curiosa depois do espectáculo a que todos assistimos.
Iszto para já demonstra o à vontade com que certas figuras se mexiam nos meios judiciais.
Mas temos de esperar para ver.
Um abraço
E bom fim de semana

Anónimo disse...

Sabes que não me posso pronunciar sobre esta matéria, mas aqui ficam os desejos de um bom domingo.
Bjos da Sílvia

Anónimo disse...

Pode ser que isto dê em alguma coisa, embora eu pense que não. Se isto não for avante, ou se os tribunais não julgarem no mesmo sentido, vai ser uma trapalhada das grandes, disso tenho eu a certeza.
Fui
Joca

MARIA disse...

Olá Guardião,
É um tema com alguma complexidade. Importaria responder primeiro a uma questão : justifica-se que existam áreas ou domínios na vida fora do alcançe da Justiça comum, ou pelo menos, regendo-se em larga medida por normativos próprios e especiais ?
E se sim, será esse o caso do futebol ou genericamente do desporto ?
A mim parece-me que não, no caso.
A duplificação de actuações dos meios desportivos e da Justiça comum, maior asneira me parece ...
Mas nesta, como em outras áreas, altos valores se levantam ...
Tão alto que não os alcanço...

Um beijinho muito amigo para si.
E votos de uma semana feliz.

Maria

Carol disse...

Uma questão muito complicada... Acho estranho que outros clubes e dirigentes não tenham sido penalizados... Aguardemos para ver.

Adorei as flores e os cartoons!