sexta-feira, abril 25, 2008

POEMA DE ABRIL


Queixa das Almas Jovens Censuradas

Natália Correia

Dão-nos um lírio e um canivete

e uma alma para ir à escola

mais um letreiro que promete

raízes, hastes e corola

*
Dão-nos um mapa imaginário

que tem a forma de uma cidade

mais um relógio e um calendário

onde não vem a nossa idade

*
Dão-nos a honra de manequim

para dar corda à nossa ausência.

Dão-nos um prêmio de ser assim

sem pecado e sem inocência

*
Dão-nos um barco e um chapéu

para tirarmos o retrato

Dão-nos bilhetes para o céu

levado à cena num teatro

*
Penteiam-nos os crânios ermos

com as cabeleiras das avós

para jamais nos parecermos

conosco quando estamos sós

*
Dão-nos um bolo que é a história

da nossa historia sem enredo

e não nos soa na memória

outra palavra que o medo

*
Temos fantasmas tão educados

que adormecemos no seu ombro

somos vazios despovoados

de personagens de assombro
*
Dão-nos a capa do evangelho

e um pacote de tabaco

dão-nos um pente e um espelho

pra pentearmos um macaco

*
Dão-nos um cravo preso à cabeça

e uma cabeça presa à cintura

para que o corpo não pareça

a forma da alma que o procura

*
Dão-nos um esquife feito de ferro

com embutidos de diamante

para organizar já o enterro

do nosso corpo mais adiante

*
Dão-nos um nome e um jornal

um avião e um violino

mas não nos dão o animal

que espeta os cornos no destino

*
Dão-nos marujos de papelão

com carimbo no passaporte

por isso a nossa dimensão

não é a vida, nem é a morte


««« - »»»
Fotos de Flores
Recebida por mail

seminol florida

русская_голубая

««« - »»»

Humor Internacional

Bob Englehart


M. e. Cohen

11 comentários:

Bruno Taveira disse...

Viva o 25 de Abril...

Abraço...Brutoon

P.s.- já precisavamos de outro...

Pata Negra disse...

Deixaste-me a cantar José Mário Branco! E com o último cartoon deixaste-me a chorar dos dois olhos pelos dois lados.
Um abraço com sopa nas bombas de gasolina

ANTONIO DELGADO disse...

Um abraço e bom fim de semana...com liberdade e solidariedade

António Delgado

Sophiamar disse...

Deixo-te um rubro cravo de Abril que juntarás ao que aqui tens. Estejamos Alerta, Zé, que a Liberdade tem de ser regada, cultivada, mondada para que os nossos filhos e netos a recebam como nós a entendemos e a desejámos.

Pela Liberdade, Sempre!

Beijinho

papagueno disse...

A grande natália.
Um abraço e bom feriado.

São disse...

Gostei do post.

Abril, sempre!!

Feliz fim de semana alargado.

Templo do Giraldo disse...

Ola boa tarde meu carissimo amigo, passei por aqui para te desejar um resto de dia da revolução bem passado.

Hoje comemora-se os 34 anos de liberdade. É com orgulho que vivo este dia, embora eu não tenha vivido esse dia mas tenho familiares meus que estiveram na revolução.

Não podemos deixar cair no esquecimento este dia que tanto trouxe ao nosso País.
Abril é hoje e sempre, vamos continuar a lutar pelos nossos direitos, e pela nossa liberdade.

"O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO"

Um abraço saudoso e um bom fim de semana.

meg disse...

Guardião amigo, hoje consegui vir para a "estrada" só para vos agradecer a todos e cada um o apoio que me deram nestes últimos
dias.
Que tenhas tido um bom feriado e agora já sabes onde encontrar a Meg.

Um grande abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Guardião

O 25 de Abril tem toda aquela carga simbólica dos ideais que não podem morrer.

Um abraço SEMPRE

adrianeites disse...

excepcional o cartoon do biodiesel.

Ludo Rex disse...

Que Abril permaneça Sempre nos nossos corações.
Viva o 25 de Abril! Viva a Liberdade!
Um abraço