terça-feira, março 25, 2008

CURTINHAS

Codigo do Trabalho – O PS hoje no governo, defende alterações ao Código do Trabalho que criticou quando era oposição. De 2003 a 2008 a posição do PS alterou-se substancialmente, e a “igualdade das partes” é cada vez menos uma realidade, e o elo mais fraco – os trabalhadores – estão numa posição cada vez mais frágil perante um patronato cada vez mais arrogante e poderoso.
A justiça social só pode existir se a relação for equilibrada, Sócrates sabe isso muito bem, mas mesmo assim têm sido notórias as cedências ao patronato e um alinhamento cada vez mais claro aos grandes grupos económicos.

Relações com a China – Os últimos dias têm sido férteis em notícias sobre a repressão chinesa no Tibete, e apesar do boicote noticioso e da proibição de entradas no território por parte de estrangeiros, chegaram ao Ocidente as notícias de cerca de uma centena de mortes. Enquanto que uns insistem no boicote aos Jogos Olímpicos, outros assobiam para o ar como se nada se estivesse a passar lá no tecto do mundo.
O Ocidente perde a sua credibilidade quando condena uns países pelas violações dos direitos humanos e se remete ao silêncio quando outros, como é o caso da China, o fazem descaradamente, e tudo “a bem do bom relacionamento económico com a potência regional”.

Prioridades – Todos leram ou ouviram as notícias sobre a possibilidade da abertura das grandes superfícies aos domingos à tarde vir a ser equacionada pelo governo. Como razão dessa atitude do governo surgiu uma petição da APED com cerca de 250 mil assinaturas nesse sentido. Como estamos em Portugal, eu até nem me admiro que o governo use esse pretexto absurdo, porque também não acredito, e até já foi comprovado, que equacione manter algumas maternidades e centros de Saúde abertos só porque se conseguiram reunir uns milhares de assinaturas. Imagina alguém que se fosse montada uma campanha para manter abertos todos os serviços de Saúde e as escolas que o governo fechou nos últimos tempos, não se conseguia ainda uma maior número de assinaturas? E o governo aceitava rever a sua decisão? Olha a carochinha....

««« - »»»
Contrastes Fotográficos
Колумб

Vladimir.Rodin

««« - »»»

Humor Negro

Sergei Tunin

Stephane Peray



Jeff Koterba

8 comentários:

Sophiamar disse...

Regressado de férias entras em grande na actividade bloguística. As curtinhas, a propósito, caíram em cheio. Quanto às imagens, guardião, estás entre os grandes seleccionadores.

Beijinhossss

Ludo Rex disse...

Tudo na mesma... Curtas e bem postas... Um Abraço e Boa Semana

Maria disse...

"Curtas e certas, quentinhas...
A espalhar reflexão pelas casas...
Curtas e certas, quentinhas...
Quem passa pelo Guardião, leva mais calor para suas casas ..."

Desculpe, meu querido amigo, a pouca inspiração.
Linda música !!!
Fabulosas imagens !!!
Um beijinho amigo

Maria

Anónimo disse...

As férias fizeram-te bem, e o post prima pela actualidade. As imagen são boas e a música faz-nos regressar ao passado.
Bjos da Sílvia

Tiago R. Cardoso disse...

Cada vez se vê partidos ditos de esquerda a nadarem mais pela direita do que os que são normais naquele sitio.

Se os grandes não protestam,é obrigação do cidadão continuar a fazer barulho, de forma a não deixar cair este ataque que é feito ao Tibete.

Discordo da abertura das grandes superfícies sete dias por semana, é concorrência desleal contra o pequeno comercio.

Meg disse...

Amigo Guardião, hoje estou um bocado para o torto.
As grandes superfícies têm de estar abertas aos domingos, claro! Então os franchisings como é que resistem à crise. Porque é para beneficiar essas empresas que pagam misérias a quem trabalha em quase esquema de escravatura. Uma coisa é o que se passa à vista do Cliente, outra é o que se faz nos bastidores. Já te passou pela cabeça que haja empregadas que saem de madrugada, porque não se sai sem o trabalho está feito.
E os supermercados onde o uma licenciada á paga com o ordenado mínimo.
Ah... esquecia-me, têm de estar abertos para acolher o mundo que não tendo dinheiro para gastar, sempre tem espaço para passear, berrar, estragar... o costume, principalmente quando está a chover.

Um abraço

LopesCa disse...

A realização dos Jogos Olímpicos na China está a dar visibilidade á causa Tibetana e eles não estão a gostar nada do facto :|

SILÊNCIO CULPADO disse...

Guardião
Vejo que vieste bem regressado.
Quanto ao código do trabalho é infâme piorar o que já está. E com a agravante do PS fazer da boca cu, como vem sendo hábito.
Relativamente aos direitos humanos na China sinto um arripio na espinha só de representá-los na minha mente.Em nome dos interesses económicos tudo vale até mesmo fazer de conta que, na China, estamos em terras de democracia.
Abrir os hipermercados à tarde é desrespeitar ainda mais o trabalho escravo dos seus trabalhadores.

Os cartoons são o máximo.

Um abraço apertado