quarta-feira, abril 25, 2007

HOJE, 25 DE ABRIL DE 2007

Esta foi a primeira música que conheci de Zeca Afonso, e na primeira vez que o ouvi cantarn numa terra distante e na sua principal praça, também foi esta a canção que eu retive na memória. Hoje todos falam da data, eu recordo o Zeca.

Menino D'Oiro

O meu menino é d'oiro
É d'oiro fino
Não façam caso
Que é pequenino

O meu menino é d'oiro
D'oiro fagueiro
Hei-de levá-lo
No meu veleiro

Venham aves do céu
Pousar de mansinho
Por sobre os ombros
Do meu menino

Venham comigo venham
Que eu não vou só
Levo o menino
No meu trenó

Quantos sonhos ligeiros
P'ra teu sossego
Menino avaro
Não tenhas medo

Onde fores no teu sonho
Quero ir contigo
Menino d'oiro
Sou teu amigo

Venham altas montanhas
Ventos do mar
Que o meu menino
Nasceu p'ra amar

Venham comigo venham
Que eu não vou só
Levo o menino
No meu trenó



*******
Cartoon

********

Uma beleza e uma surpresa

Procurando por imagens sobre o 25 de Abril encontrei esta com a inscrição Escultura, Brasília, Congresso. Confesso que não a conhecia mas pela sua beleza não resisti em divulgá-la.

3 comentários:

Kokuana disse...

Hoje já poucos se lembram do fado de Coimbra, há outras universidades onde os canudos são mais fáceis de obter.
Estou ácido eheheh

Zé Povinho disse...

A imagem é de facto interessante http://www.lonvig.dk/sculpture-brasilia-congresso.jpg só é pena que o site esteja desactualizado e com problemas. A noite de fado de Coimbra foi na Praça do Município na Beira e é curioso que te lembres dela.
Abraço.

Anónimo disse...

Olha, sou uma "belha" de 58 anos mas muito enxuta e muita maluca. Tu, tens a idade do meu filho do meio, portanto és um borrachinho e eu encontrei o teu espaço completamente por acaso e estou a gostar. Como estou com pressa (vou para os fados)prometo voltar para cuscar tudo muito bem...
Filó